AINDA SONHANDO COM O G4! Mesmo com poucas chances, Tubarão sonha com o G4 após vencer e rebaixar o Náutico

O gol de Germano, aos 46 minutos do segundo tempo, rebaixou o Náutico para a Série C do Brasileiro e manteve o Londrina vivo na disputa pelo acesso à Série A. Em um jogo marcado por várias oportunidades, o Tubarão foi mais efetivo e conseguiu a vitória por 2 a 1, na Arena Pernambuco. Carlos Henrique, no primeiro tempo, abriu o placar para o Londrina. Aislan, em bela cobrança de falta, deixou tudo igual no começo da segunda etapa. Quando o jogo caminhava para o fim, Artur sofreu pênalti, e Germano fechou o placar, para tristeza do Timbu e esperança do Tubarão. O Londrina sobe para a sexta posição, com 55 pontos, quatro abaixo do G-4. O Náutico, penúltimo colocado com 31 pontos, não consegue mais escapar do rebaixamento. Faltando três rodadas, o Timbu está a nove pontos do Guarani (16º, que fecha a rodada contra o CRB). Porém, como o Bugre encara o Luverdense (17º) na penúltima rodada, o time pernambucano está rebaixado matematicamente.

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo com o ânimo abalado pela má campanha e pela iminência do rebaixamento, o Náutico lutou durante o jogo. E criou mais chances que o Londrina na primeira etapa. O problema foi a falta de pontaria. O atacante William Batoré, principalmente, desperdiçou algumas boas chances e parou várias vezes no goleiro César. Sem tanta inspiração, o Londrina também chegou. E foi mais eficiente. Na primeira, acertou a trave direita de Jefferson. Na segunda, Carlos Henrique não perdoou e colocou os visitantes na frente.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, Roberto Fernandes mexeu no Náutico. Colocou Bruno Mota no lugar de William e Gerônimo na de Cal Rodrigues. Deu certo. O Náutico melhorou, teve mais posse de bola e começou a incomodar o Londrina. Com cinco minutos, Aislan bateu falta com muita categoria e empatou. O Timbu seguiu melhor em campo, pressionou e perdeu boas chances, parando no goleiro César e na má pontaria. No fim, quando o jogo caminhava para o empate, Artur arrancou em contra-ataque e foi derrubado na área. Germano cobrou, aos 46, e garantiu a vitória do Tubarão.

FICHA TÉCNICA

Náutico 1×2 Londrina

Campeonato Brasileiro 2017 – Série A – 35ª Rodada

Náutico: Jeferson; David, Rafael Ribeiro, Aislan e Henrique Ávila; Amaral, Cal Rodrigues (Gerônimo); Renan Paulino e Rafinha; Dico (Leilson) e William (Bruno Mota). Técnico: Roberto Fernandes.

Londrina: César; Lucas Ramon, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Germano, Bidía (Ítalo) e Jardel (Safira); Negueba, Carlos Henrique (Marcinho) e Artur. Técnico: Claudio Tencati.

ícone campo Arena Pernambuco, em Recife (PE).

ícone bola Aislan (5/2T) pelo Náutico. Carlos Henrique (42/1T) e Germano (46/2T) pelo Londrina.

ícone AM Rafinha (Náutico). Ayrton (Londrina).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s