NÃO, ASSIM NÃO PARANÁ! Tricolor cede a virada ao Juventude nos acréscimos

Como em 2016, Tricolor segue desperdiçando pontos importantes no fim do jogo

O Paraná Clube foi até a Serra Gaúcha motivado e embalado pelo resultado do meio da semana: o Tricolor venceu, de virada, o Atlético Mineiro, pela Copa do Brasil, com 3 a 2, dois gols do meia Guilherme Biteco. Em caso de vitória paranista, o time chegaria aos oito pontos e assumiria a liderança da Série B.

Não foi uma partida brilhante, com um jogo técnico e bom de ver. Mas, em um campo molhado e castigado pela chuva no Rio Grande do Sul, o Juventude virou para cima do Paraná nos últimos momentos da partida da noite deste sábado, no Alfredo Jaconi, à base de muita luta e determinação. Em duas jogadas de bola parada, a equipe gaúcha chegou aos seus gols – Felipe Alves abrira o placar para o Paraná Clube em gol um pouco estranho. Com o 2 a 1, clube gaúcho agora é o vice-líder da Série B do Campeonato Brasileiro, enquanto o Tricolor conheceu a sua primeira derrota na Série B e ficou na 8ª colocação.

O JOGO

O Paraná começou embalado. Criou boas chances de abrir o placar e só não fez a rede balançar porque o goleiro do Juventude fez grandes defesas. O gramado pesado devido à chuva deixou o jogo mais truncado. Mesmo assim, o Tricolor encontrou os espaços que precisava e bombardeou o goleiro Matheus nos primeiros 15 minutos de partida. O Juventude conseguiu equilibrar o jogo, mas sem levar perigo ao gol do goleiro Marcos.  As melhores chances do primeiro tempo foram do Paraná, que foi para o vestiário com a sensação de o gol era questão de tempo.

A conversa no vestiário fez bem ao Juventude. Com as orientações de Gilmar Dal Pozzo, o time melhorou. Criou algumas chances e rondou a área do Paraná. Mas veio forte, mesmo, nas jogadas de bola parada. Quando Felipe Alves abriu o placar, o Paraná era dominado, mas encaixou um bom contra-ataque. O Papo respondeu muito rapidamente e empatou dois minutos depois, em cobrança de falta que Assis desviou para o próprio gol. E manteve a pressão até o fim, quando em cobrança de escanteio conseguiu balançar as redes com Diego Felipe, que garantiu a vitória do alviverde gaúcho.

O Paraná já jogou pela quarta rodada da Série B – vitória sobre o Goiás – e, por isso, só volta a jogar após 10 dias na competição, contra o Londrina, dia 6 de junho, no Estádio do Café, às 20h30. Já o Juventude enfrenta o clássico local com o Inter, no próximo sábado, dia 3, às 19h, no Beira-Rio.

Com a vitória, o Juventude chegou aos sete pontos e está atrás apenas do Paysandu na competição. Já o Paraná permanece com cinco, na oitava posição da tabela.

FICHA TÉCNICA

Juventude 2×1 Paraná Clube

Campeonato Brasileiro 2017 – Série B – 3ª Rodada

Juventude: Matheus Cavichioli; Tinga, Domingues, Micael e Pará (Bruno Colasso); Fahel (Diego Felipe), Lucas e Leilson; Juninho, Tiago Marques e Ramon (Caprini). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Paraná Clube: Marcos; Cristovam, Wallace, Brock e Assis; Jhony, Alex Santana e Matheus Carvalho (Guilherme Biteco); Robson (Nathan), Minho e Felipe Alves (Rafinha). Técnico: Cristian de Souza.

ícone campo Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

ícone bola Assis (contra, 14/2T) e Diego Felipe (46/2T) pelo Juventude. Felipe Alves (12/2T) pelo Paraná Clube.

ícone AM Minho, Jhony, Marcos e Eduardo Brock (Paraná Clube).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s